ABIMDE
Grupo Vibracom
FAMA

Negócio de R$ 1 bi ao ano e milhares de empregos

Localizada num raio de apenas 1.300 km de 75% do PIB do nacional, Anápolis está credenciada a se transformar num dos maiores centros de distribuição do País, mas para se consolidar como polo logístico não pode prescindir do entreposto da Zona Franca de Manaus, um negócio de R$ 1 bilhão anuais e milhares de empregos, cujo projeto depende de gestões dos governos de Goiás e do Amazonas, que firmaram protocolo de intenções em 2015.

A localização estratégica de Anápolis, no centro do Brasil, favorece a implantação da entreposto da Zona Franca. Integrada aos modais rodoviário, ferroviário e aeroviário, em um só lugar, a ZPE Anápolis seria uma das mais competitivas do País. Uma das grandes vantagens da ZPM para Anápolis será a atração de investimentos estrangeiros
Anápolis tem muito a ganhar e muito a oferecer ao pleitear o entreposto da Zona Franca, mas está a mercê de duas conexões de necessidade urgente, urgentíssima: uma política, com o Governo do Amazonas e outra técnica, com a Superintendência da Suframa.

Integrado com a futura Plataforma Logística Multimodal, A ZPM Anápolis será decisiva não só para a consolidação de um centro de distribuição de projeção nacional, mas para o desenvolvimento da economia regional como um todo. Ao absorver investimentos vultosos, o entreposto provocará aumento do PIB e geração de emprego e renda em todo o Centro-Oeste.
Para a economia de Anápolis decolar com advento do Aeroporto Internacional de Cargas é imprescindível a consolidação de um hub articulado com o entreposto da Zona Franca de Manaus.

%d blogueiros gostam disto: