GENESIS OFFICE
CCA MOTOS
Grupo Vibracom

Secretário Adriano Baldy: Anápolis diz “sim” ao empresariado

Mais que irmão do ministro Alexandre Baldy

Com visão futurista dos desafios para consolidar o Polo de Defesa e viabilizar o Aeroporto Internacional de Cargas e o Centro de Convenções e propostas pragmáticas para enfrentar as demandas que travam o crescimento da economia local, o novo secretário de Desenvolvimento de Econômico Agricultura e Turismo de Anápolis impactou os empresários, em reunião conjunta da Associação Comercial e Industrial de Anápolis e do Comitê da Indústria de Defesa e Segurança de Goiás.

Ao enfatizar que outros municípios tiraram o protagonismo de Anápolis por falarem sempre “sim” ao empresariado, Adriano elencou as ações que referenciam a gêneses de sua gestão à frente da pasta estratégica para o desenvolvimento econômico do município.
Dizer “sim” aos empresariado é priorizar o projeto visionário do Polo de Defesa e da Central de Suprimentos das Forças Armadas do Brasil, em linha direta com o prefeito Roberto Naves, a SED-GO, a ACIA e o COMDEFESA-GO. É atender as necessidades do empreendedor (legislação, incentivos, infraestrutura, estrutura e desburocratização).
Dizer “sim” ao empresariado é criar o Fórum de Desenvolvimento Econômico de Anápolis com reuniões virtuais e indexação de um portal de vendas de Anápolis ao Projeto de Empreendedorismo. É trabalhar pelo advento do Instituto Tecnológico do Estado de Goiás, em Anápolis, cuja   verba está aprovada no Ministério da Educação. É articular a criação do Polo de Engenharia e Tecnologia para startups e contribuir para o crescimento do PIB e a geração de emprego e renda.
Dizer “sim” ao empresariado é promover a conexão universidade-indústria para a transferência de tecnologias e a racionalização dos custos do setor de defesa e segurança do Brasil (Exército, Marinha e Aeronáutica) a bordo da localização estratégica de Anápolis, na região central do País.
Dizer “sim” ao empresariado é desburocratizar processos e dar agilidade aos procedimentos da prefeitura. É implantar o Rápido Empresarial. É fomentar o Distrito Municipal para o micro e pequeno empresário. É transformar um dos feirões cobertos da cidade em Mercado Municipal.
Dizer “sim” ao empresariado é instituir o programa Empreendedor Móvel nas feiras da cidade, em parceria com a UEG, que já disponibilizou quatro cursos de empreendedorismo por ano para atender aos que estão fora do mercado de trabalho. É motivar e apoiar feiras gastronômicas relacionadas a colônias de imigrantes (chinesas e italianas, entre outras).
Dizer “sim” ao empresariado é eleger o Centro de Convenções como prioridade máxima para impulsionar o desenvolvimento de um polo de turismo de expressão regional. É implantar a sinalização turística em Anápolis em conjunto com a CMTT. É criar o City Tour, com horário fixo, para as pessoas interessadas em conhecer os principais pontos turísticos de Anápolis. É tornar realidade o Centro de Atendimento ao Turista (CAT), já aprovado, licitado e com recursos garantidos.
Dizer “sim” ao empresariado rural é diagnosticar as necessidades regionais do município e levar assistência aos distritos, através de pessoal capacitado e maquinários. É interagir em favor da produção rural, em todas as suas fases.
O presidente da ACIA e do COMDEFESA-GO, empresário Anastácios Apóstolos, revela que em pouco tempo de atuação o titular da SEMDEC mostrou serviço e conquistou a confiança das entidades representativas do setor produtivo de Anápolis. Graduado em Administração de Empresas e especializado em Finanças pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
                                                                       MANOEL VANDERIC – jornalista

 

%d blogueiros gostam disto: