Urban
Sindicato Rural de Anápolis
GENESIS OFFICE

Hyundai CAOA, maior indústria de Anápolis

 

A fábrica da Hyundai CAOA Montadora de Veículos S/A foi inaugurada em Anápolis, em 2007, resultado de um investimento inicial de R$ 1,2 bilhão.

Construída totalmente com recursos próprios, a fábrica está localizada no Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA), em Goiás, posição geográfica privilegiada e estratégica tanto para o escoamento da produção em território nacional quanto para o desenvolvimento de uma enorme e emergente cadeia produtiva.

A realização do sonho de erguer sua própria fábrica rendeu ao empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, naquele ano, o título de “Empreendedor do Ano na Indústria” pela Revista IstoÉ Dinheiro.

Em 2010, a fábrica de Anápolis foi reconhecida como a “Empresa do Bem”, pela revista IstoÉ Dinheiro pelo programa de reaproveitamento de resíduos da produção dos veículos e participação do reflorestamento da região Centro-Oeste.

A dedicação à marca Hyundai no Brasil também rendeu algumas vezes ao empresário Carlos Alberto o título de “Distribuidor do Ano”, entre os 179 distribuidores Hyundai de todo o planeta. Foi a primeira vez que a Hyundai Motor Co. concedeu este prêmio a um distribuidor fora da Europa. Essa é a mais alta honraria que um distribuidor Hyundai pode alcançar no mundo.

No último trimestre de 2013 a fábrica de Anápolis, que já produzia o Tucson, HR e o HD78, passou por um novo ciclo de investimento para dar início à produção do ix35. O aporte de R$ 600 milhões garantiu aperfeiçoamentos na linha de montagem com a inclusão de 10 robôs, responsáveis por cerca de 50% do trabalho de soldagem, o que assegura alto nível de qualidade na montagem da carroceria, além de ganho de produtividade e modernização.

Em maio de 2014 foi produzido na linha de montagem da CAOA o ix35 de número 10.000.

A FÁBRICA EM NÚMEROS

  • Inaugurada: 2007
  • Montada com 100 % capital nacional
  • 1,5 milhão de metros quadrados de área total
  • 140 mil metros quadrados de área construída
  • Grande parte destinada a reserva ambiental
  • Nível de poluentes zero
  • Tratamento da água utilizada na produção e dos gases industriais emitidos

%d blogueiros gostam disto: