Engecom
Emisa Construtora
LAB EVANGÉLICO

Aspectos Geográficos

A área de Anápolis é de 918,3 Km². O município fica no Centro-Oeste do Brasil, no Planalto Central, parte meridional do estado, entre Brasília e Goiânia, com uma porção de seu território na zona fisiográfica do Mato Grosso de Goiás. Sua altitude média é de 1.017 metros (3.337 pés) e cota média de 1.000 metros. É um dos municípios de maior altitude do Estado, somente ultrapassado pelos da região do Distrito Federal. A sede do Município está a exatamente 16º19’21’’ de latitude e 48º58’03’’ de longitude.

O relevo é levemente ondulado. Na área urbanizada pode-se notar os morros da Capuava e o do Cachimbo. Na região vizinha à cidade são observadas algumas elevações como os Três Morros, entre outros.

Limita-se ao Norte, com Pirenópolis; a Nordeste com Abadiânia; ao Sul, com Leopoldo de Bulhões e Goianápolis; a Leste com Silvânia; Sudoeste com Goianápolis e Teresópolis de Goiás; a Oeste, com Nerópolis, Ouro Verde e Campo Limpo de Goiás. É centro da Microrregião Anápolis e pertence à Mesorregião Goiás.

A situação geográfica de Anápolis decorre de sua localização nos primeiros contrafortes do Planalto Central goiano. Devido a isso o clima é classificado como tropical de altitude. A temperatura no município, segundo dados do Ministério da Agricultura, varia de 13 a 26 graus centígrados, com média compensada em torno dos 19 graus. Por outro lado, o dado oficial do IBGE condiciona a média anual de 22 graus centígrados. A temperatura mais baixa é registrada nos meses de junho/julho, em torno dos 10 graus. Os meses mais quentes são os de novembro e dezembro chegando aos 32 graus centígrados.

A média pluviométrica registrada em Anápolis é de 161,80 milímetros anuais. A máxima chuvosa anual ocorre nos meses de novembro a março.

 

Distritos e Povoados

A sede, quatro distritos administrativos e três povoados. É o conglomerado urbano que compõe o município de Anápolis, cujo número de habitantes estimado em 2017 é de cerca de 400 mil. O número oficial do IBGE-2010 foi de 334.613.

Os distritos são: Interlândia, Sousânia, Goialândia e Joanápolis. Dentre esses distritos alguns datam do início do século XX. É o caso de Sousânia (1903), que recebeu este nome em homenagem a descendentes de Gomes de Souza Ramos, dentre eles Lopo de Sousa Ramos – primeiro intendente eleito da Vila de Santana das Antas. Interlândia (antigo Pau Terra), com a adoção do atual topônimo, data de 1953; Joanápolis (Capelinha) e Goialândia, criados no ano de 1975.

A formação administrativa de Anápolis compreende três povoados. Miranápolis adquiriu porte de centro religioso. Belos templos católicos e outras construções da Igreja Romana, com destaque para o Mosteiro de Santa Cruz (Institutum Sapientiae) onde se leciona Filosofia e Teologia com vistas à formação de sacerdotes e a Casa de Formação Irmãs de Santa Cruz. Bramápolis está localizado em terras pertinentes ao distrito de Joanápolis. Surgiu quando da instalação de antiga fábrica de cerveja, à margem esquerda da BR-060 (sentido Anápolis-Brasília). O terceiro é a Vila São Vicente (Igrejinha) – fica a poucos quilômetros à esquerda da BR-060/153 na direção Anápolis-Goiânia.

 

Municípios originados

Até o ano de 1940, a área do Município era de 2.622 Km². Dentre os municípios desmembrados de Anápolis estão Nerópolis, em 1948; Nova Veneza, em 1958; Damolândia, em 1958; Brasabrantes, 1958; Goianápolis, 1958: Ouro Verde, 1948; Campo Limpo de Goiás, 2000.*

*Os anos mencionados são da efetiva instalação destes municípios.

Área em Km² 1940 – 2.622; 1950 – 2.38; 1960 – 1.800; 1970 – 1.263; 2000 – 918,3