Marketing Sustentável

 

 

O mundo mudou, e o marketing também está mudando.

 

Com o advento da globalização e da internet, que impulsionaram com alta velocidade a disseminação da informação e a alta interatividade entre as pessoas, que agora dividem-se em grupos e nichos, sabendo cada vez mais o que querem, como querem, o que não querem e em quem confiar; bem como a ascensão econômica, maior acesso a educação, a explosão do e-commerce e do marketing e publicidade digital; podemos constatar mudanças radicais tal como o empowerment do consumidor.
O consumidor de hoje, é mais bem informado, tem um enorme poder de barganha na ponta dos dedos, tanto no ato de comprar pela internet, como de disseminar informações com alta velocidade para uma grande número de pessoas, falando bem ou mal de uma organização.
Na era do marketing 3.0, o consumidor passa a ser visto não mais como um número, mas como um ser pleno, e esta plenitude, perpassa não somente pela realização material, mas pela realização humana. Isto pode parecer profundo e distante, mas é uma realidade viva, e a tendência é cada vez mais, a conscientização humana de suas responsabilidades consigo, com o próximo, e com o meio ambiente. As  Iniciativas de ordem socioambiental ganham adesão de fornecedores, investidores, parceiros e clientes, de forma ascendente.
Cada vez mais as empresas são avaliadas por suas ações e programas de responsabilidade social. Segundo Philip Kotler, há dez anos, uma pesquisa destacou que 82% dos norte-americanos optariam por uma marca associada a uma boa causa se o preço e a qualidade de seu produto fossem semelhantes ao de outras marcas.
O Marketing Sustentável, surge neste contexto, como um forma inovadora de se fazer marketing, saindo de cena, ações ilusórias, passageiras e de baixo valor agregado, para ações que agreguem efetivamente à imagem, reputação e ao valor das empresas, a partir de estratégias com visão de longo prazo, sustentáveis e que agreguem verdadeiramente valor para a sociedade e meio ambiente, sendo um divisor de águas no conceito de competitividade empresarial.

 

FAÇA TAMBÉM A SUA PARTE